Stregoneria – Stregharia – Stregha

Visões Comuns da Bruxaria Italiana
Stregha – BTI

Os textos que seguem são mensagens de minha amiga Carol, integrante do grupo Manufree.
Pareceu-me muito esclarecedor o que ela comentou a respeito da figura tão controvertida de Lúcifer, e sobre a Stregoneria, e por isso resolvi postar aqui hoje.

Dnara!!!

Strega é como são chamadas as bruxas italianas, stregoneria é o nome dado à Bruxaria Tradicional Italiana, muitas vezes abreviada como BTI… e na stregoneria, como eu disse, a pessoa nasce strega, não se torna do dia para a noite, entende?

Por ser tradicional… por ser muitas vezes, familiar…

Lúcifer

Quanto ao “pré-conceito” de Lúcifer, muitos de nós tivemos uma educação cristã e ao longo da vida nos encontramos na Bruxaria, então, esta educaçãonos trouxe Lúcifer como demônio, como diabo… e é com essa imagem que muitos se tornam pagãos…

Lilith

Por isso também a dificuldade em se lidar com o arquétipo sombra, com Lilith e Hécate, por exemplo… até mesmo com a Lua Negra… por ser chamada de negra tem-se a errada idéia de ser uma lua má, de azar… e não é bem por ai… já escrevi sobre isso aqui na lista…

A Goretti dias atrás mandou para a lista um texto da Pietra, sobre Stregoneria… até vi pelo orkut dela que fazemos parte da mesma comunidade, Bruxaria Italiana e que temos duas amigas em comum, a Pietra e a Patty Aradia que é como uma irmã mais velha pra mim e um exemplo de Bruxa e Strege…

Diana na Lua e Lúcifer no Sol

A Pietra mantém um site bem legal: http://caldeiraodeceridwen.sites.uol.com.br/aradia.htm se puder, entre e leia… é bem comprido o o texto, mas muito bom… e vi que lá também ela chama Lúcifer de estrela da manhã… aprendi isso desde pequena… como eu disse, Diana na Lua e Lúcifer no Sol… rsrsrs

Beijos
Carol/Luanara

Aradia

Na stregoneria, cultuamos Lúcifer, ou Dianus… ele é o pai de Aradia, nossa principal “fonte de adoração”… La Bella Peregrina… Lúcifer e Diana são os pais dela…

Para nós Lúcifer ou Dianus é como a Estrela da Manhã… como Apollo, como o sol… de certa forma, para nós, stregas, é Diana na Lua e Dianus no Sol… e entre eles, Aradia… o equilíbrio…

Charles Leland escreveu Aradia – O Evangelho das Bruxas, que é bem legal também, muito interessante…

Strege, Tradição Familiar

Somos meio chatos, ninguém se torna Strege, você nasce stregeé uma tradição familiar, hereditária… E você tem de ser iniciado… é uma tradição muito linda, e muito mais ligada à Lua do que aos rituais sazonais, como Samhain, Beltane e afins…

Eu posso ficar um ano todo tranqüilamente sem fazer um ritual da roda do ano, mas não posso passar uma Lua Cheia sem reverenciá-la… como me ensinou minha avózinha…

Conheço algumas streges que para serem iniciadas tiveram de ir à Itália, à terra de seus ancestrais… como minha tataravó e minha bisavó estavam e estão enterradas no Brasil, no interior de Sampa, fui iniciada lá… na fazenda da família Lupperine… rs
Minha família é siciliana… gente calminha calminha… rsrsrs

Beijos
Carol


Technorati : , , , , , , , , ,

14 comentários

Página 1 de 1
  1. Pietra
    Pietra às | | Responder

    Olá!
    Que bacana.. gostei mt da menção honrosa, heheh
    Eu só queria dizer que o site que vcs linkaram a mim é de um outro bruxo, mas que tem sim um texto meu, cedido a ele há alguns anos =)

    O meu site é http://www.stregoneriabr.com
    Bjos

    Pietra

  2. jose luiz
    jose luiz às | | Responder

    venhu estudandu stregheria a algum tempinho e conheci uma streghe, mais a tradiçao dela nao cultua Aradia e por isso estou buscando mais pessoas para trocar conhecimentos sobre stregheria e gostaria de saber se vc carol poderia me add no msn joseluizvitoria@hotmail.com e tdbm qualquer coutra pessoa q estude estregheria obrigado

  3. Taciana
    Taciana às | | Responder

    Oi.

    Você disse que para strega tem que nascer, duas das minhas bisavós filhas de italianos, meu avô era um bruxo (não de que linha) mais minha avó e de familia evangelica e minha mãe tembem, por isso tem muita informação sobre isso, tem como saber se eu sou ema strega.

    Se serve de indicação uma pessoa me disse que na minha familia já hove bruxas, e quanto decidi seguir esse caminho a primeira coisa que fiz foi ir a uma livraria procurar livros, e o primeiro a me chamar a atenção foi o evangelho de Aradia que foi o primeiro que comprei.

  4. Maria Laura H. Prigenzi
    Maria Laura H. Prigenzi às | | Responder

    Olá,
    Descobri a pouquíssimo tempo que sou descedente de uma família de streges e que teve muita influência na região de Florença por volta de 1400 DC. E estou particularmente encantada com o fato por que sempre senti a magia muito presente em minha vida, embora nunca tenha me aprofundado no assunto. Gostaria de saber mais informações sobre as streges italianas, como fizeram a iniciação, se posso entrar em contato com alguma strege italiana atual.
    atenciosamente,
    Maria Laura

  5. Barbara
    Barbara às | | Responder

    Ola!… bom aos poucos estou entrando no mundo da bruxaria, e achei a wicca, mas nao gostei dos resuldados, estou estudando um pouco sobre a bruxaria italiana e estou adorando, a familia da minha mae teve origem na toscana… embora eu nao tenha relato algum de bruxaria na familia , sinto um carinho muito forte pela lua , a assim como vc , não consigo ignorar a lua cheia… sempre a reverenciei… mesmo sendo cristã. gostei muito do post, e estudarei mais o caminho de Aradia! ^^

  6. Daniela
    Daniela às | | Responder

    Estou aqui em busca de respostas, sempre tive um sexto sentido enorme, mas nunca busquei por respostas. Pouco tempo atrás, pedi a uma numeróloga que fizesse meu mapa, e de meu amor, pra vermos o pq de tantas coinscidencias entre nós dois. Ela nunca conseguiu me entregar esse mapa, ja fazem mais de um mês e meio, e só me adiantou que tenho influencias pesadíssimas de bruxas ancentrais, chegou a dizer o nome, mas nao me recordo. Que eram fortíssimas, influenciavam em tudo na minha vida, e sempre tive a sensação de estar sendo guiada por forças estranhas mesmo. Gostaria de saber o nome de algumas bruxas, pra ver se me lembro do que ela me disse. Bjs, aguardo ansiosa sua resposta. Daniela.

  7. lupercus
    lupercus às | | Responder

    Ola boa noite, estudo bruxaria por conta propria ha qse 10 anos, sempre tive uma lgação com a italia, alias, sou descendente de italiano, minha bisavó era italiana, e pelas minhas pesquisas era uma strega, ha alguns meses resolvi seguir de fato a stregheria, porem gostaria de saber se tem algum tipo de problema pois não conheço pessoas que possam me auxiliar a iniciação, perguntei inclusive a pessoas proximas como o claudiney prieto para me indicar alguém,enfim, aguardo respostas, ah…. gostaria de saber também, no livro Bruxaria Hereditaria de Raven Grimassi tem as runas toscanas,gostaria de saber onde posso encontrar mais informação sobre elas! pois tive um sonho onde tatuava alguns simbolos, a TRADUÇÃO DOS SIMBOLOS SEGUNDO O LIVRO FICOU ASSIM…” A TRANSFORMAÇÃO COM A UNIÃO ENTRE SOL E A LUA …PODER” .
    no aguardo

    cordialmente.

  8. Aline
    Aline às | | Responder

    Ola! Achei tudo muito interessante, principalmente porque meu vô era italiano e tenho varios parentes que moram la. Mais minha familia é cristã… entao nem pensar eu tocar nesse tipo de assunto com eles (mae e pai)eles tem a mene muito fechada. E eu sempre senti uma atraçao fortissima pela magia e gostaria de saber como eu faço para saber se sou descendente de alguma familia, se sou da linhagem stregha???

  9. Dahab
    Dahab às | | Responder

    Sempre me interessei por Bruxaria. Há alguns meses decobri que tenho ancestralidade stregha(Rocco\Rocchi). No entanto, minha familia é muito católica. Desejo conhecer mais sobre a stregoneria!!! De que maneira faço isso?

    Obrigada
    Dahab

  10. Dahab
    Dahab às | | Responder

    Obrigada Debora

  11. Dimitri
    Dimitri às | | Responder

    Saudações,
    Aqueles que buscam conhecimento sobre o verdadeiro caminho de la strega encontraram no Grimório Lunar.
    http://grimoriolunar.blogspot.com.br/

  12. lucas
    lucas às | | Responder

    Isso e é incrivelmente errado! Você não tem que nascer stregha pra ser stregha. Essa ideia deturpada era somente usada na época da inquisição. Pois as bruxas viviam escondidas, e por precaução as famílias pagãs se isolaram e se esconderam. Levando a então quase extinção. E tornando-se uma tradição “hereditária”. Existem círculos que aceitam não-descendentes hoje.

Deixe seu comentário