Presente de Aniversário

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Borboletas Para Claudinha

” Quero amar-te e não me deixas,
quero ensinar-te e não o permites,
quero que vivas em meu coração
e me dizes que não.

Chego a ti e não me recebes,
me aproximo
e constróis barreiras
que nos separam.
Que queres que faça,
se do único que entendo
é de amor e compreensão?

Que queres que fale,
se o único que conheço
é a união e a plenitude?

Que queres de Mim,
se o único que tenho
para oferecer-te é a Paz?

Tu me precisas mais que Eu a ti,
mas Eu sofro mais que tu,
quando te afastas e não me deixas querer-te.

Porque somos irmãos,
porque somos amores,
porque somos corações,
que vivem no infinito,
perfeitamente unidos
e estreitamente separados.

Isso é o que representam as borboletas, os corações que nascem da separação, e unem-se em um vôo único, em busca de novos e distantes horizontes, além do infinito, além da própia morte. Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Se observas, algumas delas tem quatro asas, pois são quatro corações, a união perfeita entre dois seres e suas essências.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Cada uma que você vê, de dois ou de quatro asas, é uma testemunha, a muda e alada prova de que em algum lugar, dois corações que estavam sozinhos, decidiram unir-se e evoluir juntos.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Podem ser dois irmãos, dos pais, um casal, duas amigas ou dois amigos, um filho e sua mãe ou pai, mas sempre dois, nunca um só, porque jamais a Noite Escura traz evolução, somente dor e sofrimento, nada além disso.

Sua vida, que é a nossa, porque estamos irremediavelmente unidos, assemelha-se a uma tormenta que não tem princípio nem final.

Mas o que você chama de tormentas, não são mais que mudanças, saltos em sua evolução, em seu caminho, que se torna alado cada vez que você torna-se borboleta com alguém ao seu redor.

Sim, porque você pode formar parte de muitas dessas criaturas aladas, viventes existenciais, que dão origem a outros seres espirituais, embriões de seu conhecimento com e no outro.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Novas existências que durante um tempo, se arrastarão pela terra, a espera de outros dois seres que decidam unir-se e iniciar a grande caminhada juntos, dando origem a outros seres existenciais, que esperam tornar-se símbolo de novas evoluções, e assim sucessivamente, em uma corrente de Graças infinitas, que inicia-se nas tormentas, nos saltos evolucionários.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Por isso, as borboletas são encantadas, por isso são uma das quatro “armas” que compõe o Altar Maior.
Na realidade, são o símbolo exato da Força da Vida, que se faz presente no cotidiano de todos.

O falei antes e o repito agora: a natureza contem muitos mistérios, e com ela você pode aprender tudo o que precisa, basta que estabeleça uma conexão com suas criaturas, e elas lhe contarão muito sobre a sua vida e da Humanidade.

Além disso, são lições da Grande Mestra, A Mãe Terra, que não somente está aqui para nutrir seus filhos, tanto no sentido literal da palavra, como metaforicamente, através de seus testemunhas silenciosos, que andam por ai, ao seu redor, a espera de um ato de compreensão pura.

São belos ensinamentos que estão disponíveis para todos aqueles que empenham-se na luta diária contra a desdita, lembra da poesia?:
Deixarei que as sementes falem do Meu jardim……

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Seu jardim, o da Mãe Terra, o Altar Sagrado da Deusa, é para vocês, o paraíso do que tanto falam, o qual acreditam que está perdido, porque foram expulsados dele; mas isso não é certo, a verdade, é que quando comeram o fruto proibido, fecharam seus olhos a Mãe Terra, a sua origem, ao seu Real destino, e os abriram a separação, a morte, a aceitação de uma não existência, a ilusão de que estão sozinhos e abandonados.

A Árvore proibida, a Árvore da Vida, da Vida do outro; isso é o que fizeram, Photo Sharing and Video Hosting at Photobucketdevorar o outro, não nutri-lo, não amá-lo, mas sim devorá-lo, numa tentativa de possuir aquilo que jamais será de vocês: a vontade do outro.

Porque cada qual deve ser livre para unir-se na separação, e romper com o circulo infinito, que aprisiona os corações e os mantem separados, até que por um ato de compreensão pura, decidem abrir novamente os olhos a sua própria natureza, a natureza, a Mãe Terra.

Porque esse é seu destino, para isso foram criados, para ser Mãe; por isso a Humanidade é feminina, porque essa é a sua vocação: alimentar e nutrir ao outro, aos seus filhos, a suas uniões.

Uniões que somente se verificam quando não se devoram entre si, quando abandonam a violência e fazem que a morte abdique -a favor da Vida– de seu direito de supremacia sobre vocês.

Se desejar, você pode levantar-se Photo Sharing and Video Hosting at Photobuckete ir-se para longe de Mim, mas ainda assim, a Verdade irá com você, e o abrumará com seus gritos, até que abra seus olhos, os olhos de coração, e escute os sons que o Universo lhe envia, através de sua própria natureza como nutridor.

Você é o que você é, assim como a Humanidade; são o que são: nutridores, e nada pode mudar isso, somente podem atrasar os acontecimentos, gerando dor e sofrimento para todos.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Mas… estamos aqui; permanentemente aguardando vosso chamado, para que juntos possamos acelerar o nascimento de tantas e quantas borboletas estejam dispostos a criar.

Desde aqui, ao vosso lado, os saudamos como nossos iguais, como co-autores e co-criadores de infinitas correntes de Graça e evolução.

Que assim seja, pelos séculos dos séculos, Amém.”


Technorati : , , , , , , , , , ,

10 comentários

Página 1 de 1
  1. Claudinha ?
    Claudinha ? às | | Responder

    Olá! Esta Claudinha sou eu? Se não, aceito as borboletas como se fossem para mim… Eu sou borboleta, foça da vida, metamorfoseada na dor e na guerra de viver. Minha transformação se deu assim: http://fractais2.blogspot.com/2006/10/memrias-de-borboleta-vi.html#links
    Beijo!

  2. Claudinha
    Claudinha às | | Responder

    Olá! Esta Claudinha sou eu? Se não, aceito as borboletas como se fossem para mim… Eu sou borboleta, foça da vida, metamorfoseada na dor e na guerra de viver. Minha transformação se deu assim: http://fractais2.blogspot.com/2006/10/memrias-de-borboleta-vi.html#links
    Beijo!

  3. Marcelo Alves
    Marcelo Alves às | | Responder

    Débora,adorei o post.Inspirado,sensível e poético.Espero que um dia nos conheçamos pessoalmente.
    Parabéns.Felicidade e boa sorte.
    Marcos.

  4. Marcos Reis
    Marcos Reis às | | Responder

    Débora,adorei o post.Inspirado,sensível e poético.Espero que um dia nos conheçamos pessoalmente.
    Parabéns.Felicidade e boa sorte.
    Marcos.

  5. Debora Rocco
    Debora Rocco às | | Responder

    Hola Marcos,
    Seguramente a gente vai terminar se encontrando por ahi; Aqui no Uruguay os blogueiros,que são poucos, estão planejando um encontro para o 11 de Agosto.
    Quem sabe se em algum momento, pelo menos alguns dos blogueiros brasileiros, decidem se encontrar em algum lugar de fàcil acesso para todos.
    Bênçãos da Deusa!

  6. Debora Rocco
    Debora Rocco às | | Responder

    Ola Claudinha,
    Pela terceira vez hoje, dirijo-me a você; parece a promessa de uma linda amizade que està chegando por ai.
    Beijos!

  7. Ícaro Estrela
    Ícaro Estrela às | | Responder

    Oi Débora, tudo bem? Saiba q é sempre um prazer receber a sua visita no meu blog e também visitar este seu cantinho delicioso. Além dos textos, adoro as imagens que vc escolhe. São imagens lindas que me enchem de inspiração. Quanto à coluna, dói em todo lugar. Mas geralmente na base. Tenho escoliose e neste últimos meses acabei prejudicando ainda mais a minha coluna por má-postura e esforço repetitivo. Mas tenho feito RPG, o q tem aliviado bastante as dores. Mas não lhe incomodar aceito sim suas mentalizações. Obrigado.

    Uma constelação de Bjs pra ti!!!

  8. Claudinha
    Claudinha às | | Responder

    Agora que tenho certeza que sou eu, IUPIIIIIIII! URRRAAAAAAA!
    EBA, EBA! Obrigada, estas borboletas são lindas, adorei!
    Beijos!

  9. Debora Rocco
    Debora Rocco às | | Responder

    Oi gente,
    Por favor não coloquem correntes aqui, uma porque não gosto delas, e outra, porque vou deletar todas as qe aparecerem.
    Se algum dos meus amigos/as desejar fazer alguma, me consulte e dependendo o que for até podemos fazer um post sobre o assunto.
    Obrigada!

  10. Osc@r Luiz
    Osc@r Luiz às | | Responder

    Gente!
    Que coisa mais linda esse post…
    Queria roubá-lo pra mim!
    Você se supera e me surpreende um pouco mais a cada dia!
    Beijos com carinho!

Deixe seu comentário