Percepções de uma Bruxa

Entre a Paz e a Guerra

A Paz é umaSer Um com o Amor Maior
extensão sem limites,
abarca tudo;
origina-se em sua
essência
e se espalha pelo infinito.

Paz é a sensação
de tudo ser, e em tudo estar,
é compreensão ilimitada,
é estar fora do corpo
e dentro dele,
é ser todos os corpos
e o próprio corpo.

Paz…
quem a tem
não conhece tempos,
espaços, referências ou direções.

Paz é Luz,
é estar imerso
num mar de ondas
suaves e de energias vibrantes;
é calmaria incessante
de cores que explodem,
levando-nos a todos
os recantos do Universo.

Guerra e conflito

Paz é harmonia,
é a visão do Cosmos
em toda a sua grandeza,
é chegar na Ampulheta
das Virtudes e presenciar
a espiral onde nascem
as estrelas.
Paz, é uma viagem
da consciência individual,

até a Consciência Una do Universo.

Paz, é estar seguro,
é encontrar a tônica exata
da linha do Amor Incondicional.

Paz… é ser Um com o Amor Maior.

A Guerra é conflito,
é restrição à Força da Vida
que existe en você.

Cegueira Espiritual

Guerra é o eu
subjugando a essência;
é cegueira espiritual,
é estar longe
do centro de tudo
e de todos.

Almas aprisonadas

Guerra é espaço,
portas e janelas,
almas aprisionadas
em armadilhas auto-criadas.

Tentativas de domínio

Guerra é tormenta,
traz e não leva;
toma e não pede;
guerra é aprisionar a Luz
numa inútil tentativa
de dominar aquilo
que não tem governo.

Guerra é visão única;
é abismo insondável,
infinito, procurando as
trevas, divisão, dureza,
dor e solidão.

Estar em guerra
é tratar e torturar
a sua alma imortal
com promessas
de doces venenos.

Guerra é não Ser,
é um viagem somente de ida,
é uma caminhada solitária
de pés descalços,
por um caminho de espinhos
à lugar nenhum.

Debora Rocco


Technorati : , , , , , , ,

7 comentários

Página 1 de 1
  1. Bea
    Bea às | | Responder

    Poema lindo, sobre Paz e guerra.
    AMEI as borboletas é claro!

    Bjs

  2. Claudinha
    Claudinha às | | Responder

    Saudades daqui e de você amiga…
    A paz é o resultado da busca, a guerra muitas vezes a desculpa para chegar até a paz. Mas não creio nela. Creio que devemos atingir o autocontrole… Aliás, ando precisando de controle, ando tão explosiva…
    Ontem abracei uma árvore, me senti muito melhor!

    Beijos!

  3. Claudinha ?
    Claudinha ? às | | Responder

    Saudades daqui e de você amiga…
    A paz é o resultado da busca, a guerra muitas vezes a desculpa para chegar até a paz. Mas não creio nela. Creio que devemos atingir o autocontrole… Aliás, ando precisando de controle, ando tão explosiva…
    Ontem abracei uma árvore, me senti muito melhor!

    Beijos!

  4. Anonymous
    Anonymous às | | Responder

    Poema LINDO amei tudo
    mtossss bjss
    XAU!!!!!!!!!!!

  5. marcia cristiane
    marcia cristiane às | | Responder

    Maravilhoso esse poema sobre paz e guerra, é lindo demais, origada por publicá-lo, parabens

  6. zybegy
    zybegy às | | Responder

    Maravilhoso esse poema sobre paz e guerra, é lindo demais, origada por publicá-lo, parabens

  7. LOBa
    LOBa às | | Responder

    poema muito lindo mesmo! adorei s2

Deixe seu comentário