Dia Internacional da Mulher – Parabéns!

Dia Internacional da Mulher

Um Grande Dia, uma Grande Celebração

O Universo

O que seria de nós, mulheres, se não fizéssemos todas as coisas que fazemos?
Será que o Universo ainda assim continuaria seu curso?

Será que Mãe Terra, rodopiaria incansavelmente como o tem feito até agora, ou se levantaria num atitude desafiadora, reclamando o trabalho de suas filhas?

Trabalho que é feito a séculos, povoando as eras com as cores e os matizes que somente os seres femininos, tem a capacidade de criar.

Criar, gerar, fazer, aprender, entender, dar o melhor de sim mesmas; mas também lutam, brigam, se chateiam, ficam de mau humor, destroem relações, constroem coisas, casas, empresas, reinos, Vidas…

Vidas compartidas, entrelaçadas com os seres masculinos que compartem seu destino e seu sino com estas “Deusas Solares e Lunares“, que perfazem um Todo único e rico em sua diversidade de formas, cores, sabores e Amores.

O Equilíbrio do Mundo

Quem pode dizer, que não são elas, as responsáveis do equilíbrio do mundo? Quem pode dizer que o mundo não colapsaria se por um instante apenas, elas deixassem de ser o que são:

Simplesmente Mulheres!

No dia de hoje, mundialmente dedicado à Mulher, todas elas sabem que é um momento e um espaço no qual reinam absolutas na Vida e na Alma do Planeta, na memória da Grande Mãe, no seio da Deusa, que embala seus sonhos de tempos e existências mais plenas, mais amenas, mais justas e mais dignas.

Para elas deixo aqui uma pequena homenagem, e um chamado aos homens que desejarem viver a beleza de um mundo encantado pela igualdade dos seres.

O Destino e o Fio da Espada

Das asas de um anjo
Um coração se formou,
E numa rosa se transformou,
a qual duas serpentes originou.

Photobucket

Com seus olhos as cinzas do pecado acendeu,
arrastando a todos por um rio de desolação;
sem que ninguém o pudesse advertir
o monstro alado
em que o anjo se converteu.

A rosa vive,
O anjo morreu,
o monstro devora…
Porém somente Eu sei
Que a flor da Vida
Tem cabeça de anjo
E corpo de monstro;
Somente Eu escuto a luta
Silenciosa, entre as duas serpentes
Que originaram o caos
E a destruição do homem.

Agora é seu turno de ouvir,
Agora é seu turno de jogar,
Agora você deve entender
Que o Bem e o Mal
Não geram o equilíbrio,
Agora você deve entender
Que o punho da espada
Traz a Paz entre os homens
E a Guerra entre as serpentes.

 

Pois o destino dos homens
Está escrito e selado
No fio da espada,
e por isso dela se afasta o anjo
e foge o demônio da serpente;
porque é o homem e não a mulher
quem deve brandir a espada
e fazer a justiça,
por amor ao seu destino,
que é ela: a Mulher.

Assim está escrito,
Assim será…
Pelos Séculos dos Séculos,
Amem!

Yar-El



Deixe seu comentário