Asas Engarrafadas

Borboleta

As Etapas do Ser

Eleve seu pensamento, deixe-o voar, e poderá ver a imensidão que lhe espera; sentirá e ouvirá Minhas palavras, nas suaves ondas de energias pulsantes que lhe rodeiam e esperam a sua decisão, a de liberar-se da prisão das paixões e emoções, que atormentam a sua alma, como um carrasco inexorável, que fatalmente lhe arrastará até as profundidades sombrias que lhe causam tanto temor e que você chama, a cada passo que da em direção a elas.

Você nunca será pleno, se não se abre, se não se expõe; você jamais encontrará paz na segurança que procura, encerrando-se em antigas crenças e formas de viver, porque a Paz real e verdadeira está na conexão com tudo o que existe, existiu e existirá.

Essa conexão está no barulho, nos gritos, na morte e no nascimento, no amar e também no odiar, no falar e no escutar, no dom e em não ter nada, nem sequer para dar.

Paz

A Paz não é estática, é vibrante, contagiante, é um entender, um estar e deixar-se ir, deixar-se levar; é estar em todos os lugares, em todos os gritos e em todos os desejos, é energia pura que envolve e eleva o ser, sem que ele saiba como nem porque; e o ar que move as suas asas, é a pressão que quebra os cristais que as prendem e não lhe deixam SER.

Paz… é conhecimento, é saber, é estar tranquilo em meio a um torvelinho, é não temer, é a essência reconhecendo as essências, é Ser em tudo e em todos.

Paz, é o que afasta o frio da morte, o horror da separação, é sempre estar e nunca precisar ir, é amar-se e amar-se e amar-se; é Amar-me e Amar-me e Amar-me, é Amar-nos e Amar-nos e Amar-nos, eternamente, por todo o sempre.

*A primeira etapa trata do Renascimento, seu símbolo é a Fénix que renasce das própias cinzas, elevando novamente seu vôo ao infinito, procurando seu verdadeiro destino, recordando antigas memorias de tempos e esquecimentos que estão guardados nas Crônicas de Akasha, esperando por você para que as resgate, e as traga até a Luz de sua consciência, e as comparta com os outros, para que eles também se atrevam a renascer.

Luzes e Sombras

Nesta etapa, as vivências tomam o seu colorido do jogo entre as luzes e as sombras de suas existências anteriores, fazendo que o seu caminho seja mais ou menos árduo, fazendo mais ou menos suave, o seu andar em direção á Verdade.

Nesse momento você se deparará com a realidade da Criação, e se sentirá invadido pela responsabilidade de tudo e de todos os seres que existem, existiram e existirão; perceberá então a conexão entre você e tudo, entre você e todos, entre você e o Todo.

Isso de por si, já fará com que você sinta o peso da compaixão apertando o seu peito, e desejará não ter compreendido jamais a existência da Face Escura que envolve o planeta e que retarda a evolução da Humanidade.

Mas ao mesmo tempo, desejará compartir o seu entendimento com o outro, para que juntos possam rasgar o véu de trevas que nos envolve, para deixar que a Luz passe e nos ilumine a todos.

Depois desse choque inicial, você iniciará uma viajem de buscas e explorações, pelo novo campo do Ser, que se abrirá como uma flor diante de você, e poderá ver a beleza que se esconde por trás dos corações, inclusive daqueles aos que até esse momento, você considerava marginados da sociedade, pois compreenderá num único instante eterno, que tudo está em seu lugar, que todos temos algo que fazer e aprender onde estamos, e que juntos caminhamos em direção ao Amor e a Unidade.

Renascer é fácil, mas não simples; muitos sucumbem ao renascimento, quando deparam-se com o seu entorno, depois de ter alcançado este novo estado de consciência, porque não lembram da sua capacidade de ver a beleza e a perfeição em tudo o que existe; somente enxergam o seu próprio sofrimento e o seu desencanto, somente sentem a sua própria solidão, sem nem sequer perceber outros ao seu redor, que também renasceram e superaram a primeira prova: a Fe.

Fe, a crença de que o mundo também renascerá, e que isso somente ocorrerá quando antes o tenhamos feito nós mesmos, e o chamarmos para Ser, desenvolver-se e expandir-se.

As vezes você atravessa a chamada “crise de fe”; sente-se abandonado, mas isso não pode durar, pois a duvida sobre o renascimento não pode persistir, ou morrerá novamente, e tudo recomeçará outra vez no mesmo ponto, mantendo-o preso do Samsara, a Roda das Reencarnações.

*Quando a sua fe consolida-se, chega a segunda prova, com o segundo Nome; esta etapa trata da Liberdade; de quebrar as grades que lhe aprisionam, e sair da prisão na qual você tem estado, na qual você confinou-se a través de suas falsas crenças, a través de suas falsas paixões e emoções.

E isto somente pode acontecer quando compreenda o Amor, e as formas de amar em toda a sua extensão, em toda a sua magnificência, sem limites ou ataduras, somente com sentimentos reais e verdadeiros, que não violentam o SER.

Liberdade

Mas enquanto você não alcance esse estado de consciência que reúne a Paz e a Fe somente numa forma de entendimento, continuará a sentir-se vazio, sem encontrar-lhe sentido a sua existência, que cada vez torna-se mais e mais finita, agonizando nas masmorras de suas casas embruxadas, de seus bosques assombrados pelos fantasmas dos animais interiores que você mesmo criou e não pode mais controlar, porque converteram-se em seus donos, em senhores e amos de seus passos, acorrentando o seu andar, engarrafando as suas asas.

Não importa os que não entendem o vôo de seu Ser, não importa se você o entende, basta que voe, procure e encontre o seu verdadeiro destino, que é e sempre será o reencontro com a Unidade, com você mesmo, Comigo, com o outro, com o Todo.

*A terceira etapa trata da Reconstrução, a reconstrução do Templo Interno de cada um; nela você tomará consciência da diversidade de formas que abriga em seu interior, e de que tudo está solto e revirado, feito um quebra-cabeça; compreende então que você está fragmentado, percebe claramente que muitas partes separadas não fazem um todo, e que essa infinidade de pedaços esperam unir-se para conformar o seu Ser, aquilo que você realmente é, a essência da Vida mesma; essa essência que é você e que sempre tem sido, que sempre será, pelos séculos dos séculos, Amén.

Templo Interno

Mas quando chegar esse momento você já terá em seu poder todas as ferramentas necessárias para a reconstrução do Templo Sagrado, e iniciará a sua Obra com base firme, uma base que nenhum vento ou furacão, formado pelas paixões e as emoções instintivas, que tudo destroem, poderão derrubar jamais.

Você viverá um tempo magnífico nesta etapa, sentindo que tudo é novo, que você tudo pode, porque o seu poder reside em sua sensibilidade, em sua Paixão pela Vida, e em seu Amor pela Humanidade como um Todo.

Já não fará distinções de nenhuma espécie, pois somente aquilo que realça e propaga a existência será importante, somente aquilo que contem a essência da Vida será relevante, e tudo o que contenha Luz e Amor captará a sua atenção, tornando-se a bandeira sob a qual lutará por um mundo melhor e mais justo para todos.

E você Será, e Será, e Será, e você amará, e amará, e amará, e a sua Obra crescerá e se elevará aos céus, tornando-se outro farol, que na Noite Escura que vive a Humanidade, iluminará o sendeiro que conduzirá a outros até a Eternidade.

* A quarta e última etapa, é a soma, o resultado da união das experiencias das etapas anteriores; ela trata da Ressurreição, é o começo que une-se com o final, é o alfa e o ômega, é o nunca mais esquecer de onde viemos, de onde estamos ou a onde vamos.

O Criador, O "Pai Celestial"

É a consciência total do que somos, é a consciência de todas as memorias que carregamos em níveis muito sutis e que agora fazem-se presentes, para que não precisemos atravessar o Umbral da Morte, com o propósito de esquecer e renascer novamente.

É ter a plena capacidade de suportar o peso de nosso passado, nosso presente e nosso futuro, porque agora somos nossos própios juízes e procuradores cósmicos.

Nos julgaremos, nos acusaremos, e o Pai, Nosso Pai Celestial, nos defenderá e nos perdoará, para que possamos unir-nos a Ele na Luz, no Amor e em Sua misericórdia infinita, de forma que animemos a outros a ressurgir como Seres plenos das bênçãos que Ele nos entregou e que nunca soubemos receber.

Imagem: Eddi 07alicepopkorn


Technorati : , , , , , , , , , , ,

10 comentários

Página 1 de 1
  1. Carlos André
    Carlos André às | | Responder

    Parece que este texto foi feito pra mim. Cada frase, cada parágrafo, tocou no mais intimo do meu ser. Sinto que estou incompleto e amarrado a minhas emoções. Criei as correntes que me amarram e não consigo quebra-las. Acabo por fim sucumbindo as minhas emoções. Sei que não deveria, que não podia, mas sou fraco, estou sem apoio, sem rumo ou destino. Estou a deriva no Lago da Procura. Buscando algo, uma saida, alguem que me auxilie, alguem que me ensine a aprender a andar no rumo certo. Eu que consegui enxergar várias portas e vários caminhos. Me sinto perdido. Sinto que meu tempo se esgota, e isto me agoniza. Sei que a resposta, a verdadeira resposta, o fim da minha incessante procura está dentro de mim. Ás vezes me sinto tão perto da resposta, da chave que destrancará minhas correntes,que me exalto e minhas emoções me fazem regredir.
    Sei que sou eu. A resposta está dentro de mim. Mas meu coração precisa de um alicerce, alguem que me ensine a caminhar acima das emoções que me repreendem. Mas enquanto esta pessoa não chega, eu fico na luta interna de meu ser, buscando a minha própria verdade, e a Verdade das Verdades. Em um caminho sem chão nem luz, me perco em minha escuridão.

  2. shenna
    shenna às | | Responder

    Gostei muito do seu blog. Virei visitar mas vezes… pena não ter como ser seguidora do site.

  3. nina
    nina às | | Responder

    TOCOU-ME PROFUNDAMENTE…SINTO QUE ESTOU VIVENDO A PRIMEIRA ETAPA…BEIJOS

  4. Claudio
    Claudio às | | Responder

    Olá Carlos, me enxergava em muito disso também.
    Mas de fato fui impactado. Tomado por um poder procurado mas jamais imaginado. Alguém que me disse: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”, o Único que pode dizer:
    “Eu sou, o caminho, a verdade e a vida”

    Com sinceridade, um abraço

  5. gusto
    gusto às | | Responder

    Estou feliz porque não estou só. Vivo com os meus deuses e caminho unido aos meus demonios. A grande Mãe me absorve com o seu calor.

  6. afonso
    afonso às | | Responder

    nossa esse sate vai muido daora

  7. Rafael
    Rafael às | | Responder

    É estou caminhando em direçao a mim mesmo. Compreendendo que todos somos um, somos filhos de um mesmo criador. E como em cima é em baixo!
    Não sei descrever em qual etapa estou. Apenas não me identifiquei com a 4ª mas não quero julgar minha capacidade de amar a todos como filhos de DEUS, essa caminhada tem sido ardua pra mim. Mas com certeza no final estaremos todos prontos para NOVA ERA.
    Que DEUS ilumine nossos caminhos hoje e sempre.

    Paz e LUZ Magia Bruxa

  8. Debora Rocco
    Debora Rocco às | | Responder

    Pessoal,

    Os que desejarem receber o livro completo de onde faz parte este post me escreva aos contatos do blog e o enviarei a quem o pedir.

    O mesmo para o 1º Livro desta serie “Os Onze Criptogramas que Impedem o Apocalipsis”

  9. Valéria
    Valéria às | | Responder

    Olá, me tocou profudamente também , havia acabado de pedir ajuda e esse texto veio a mim logo em seguida, é sim um sinal que estava precisando, Obrigada

Deixe seu comentário