Arquivos Akashicos – Parte 3

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Leitura da Crônica de Akasha

A segunda crônica, a crônica lógica, é, por assim dizer, o conjunto dos relatórios do debate milenar entre os Procuradores e os Advogados Cósmicos; isto, é, entre as hierarquias da esquerda e as da direita, entre o Bem e o Mal.

A segunda Crônica de Akasha indica, para cada momento, o equilíbrio entre o Bem e o Mal no mundo.
A terceira Crônica de Akasha, é a fonte serena das hierarquias da direita: ela contem as razões que vem em apoio de sua fe na justiça, da causa da evolução do mundo e da humanidade, bem como na salvação universal.

A terceira crônica, diz respeito a reintegração dos seres, ao passo que a segunda é a história do equilíbrio do mundo, do Karma do mundo, do equilíbrio entre o Bem e o Mal.

A primeira crônica, a dos fatos simples e puros, fornece apoio aos argumentos das hierarquias de direita, que não crêem na humanidade e e a acusam em todos os pontos em que está sujeita a censuras.

É necessário assinalar de modo especial que algumas pessoas, são admitidas as vezes a leitura do “Livro da Vida”,, isto é, que durante o sono a terceira Crônica de Akasha é mostrada a eles.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Essas pessoas devem esquecer essa experiencia em sua consciência diurna, porque ela não poderia suportar tal acréscimo de conhecimento, mas o que lhe resta é um resíduo psíquico, penhor da fe otimista, o que justifica que alguém com uma vida muito ruim, ache este mundo maravilhoso.

Pode acontecer igualmente que alguém tenha a experiencia noturna da leitura da segunda crônica, dai resultando a convicção inabalável de que a historia do mundo está em julgamento perpétuo ou em Karma.
Não só existem diversas Crônicas de Akasha, como também elas podem ser experimentadas ou “lidas” de diversas maneiras.

Podemos “ver” a crônica, podemos “ouvi-la”, podemos estar “assentados nela”, ou “mergulhados” nela.
Isso significa que partes da Crônica de Akasha, Photo Sharing and Video Hosting at Photobucketpodem ser objeto de visão, ou ser entendidas como obra dramática ou musical, ou ainda que podem tornar-se parte integrante ou estrutural do espírito e da alma daquele que as experimenta.

Seja qual for a forma de “leitura da Crônica de Akasha”, trata-se de partes ou extratos, porque nenhum espirito humano -mesmo desencarnado- poderia suportar o todo.

Em regra geral, sua extensão suportável é maior na experiencia intuitiva, diminui na experiencia inspirativa, e é mais limitada ainda, na experiencia visionária.

A experiencia da terceira crônica, do Livro da Vida, Photo Sharing and Video Hosting at Photobucketsempre tem por efeito que a crença em Deus e na salvação universal, se torna inabalável.

Toda experiencia com a segunda crônica, a do Karma do mundo, sempre tem por efeito despertar e intensificar o sentido de responsabilidade individual, em face da sorte universal.

A experiencia da primeira crônica, o filme que reproduz o passado em todos os seus pormenores, que pode ser comparada a espionagem organizada, fornece grandes quantidades de informações úteis e inúteis misturadas, cujo sentido e encadeamento logico ainda devem ser procurados, que é o mesmo do jornalista ou historiador, testemunha ocular de acontecimentos recentes.

Essa crônica não ensina quase nada, ela só informa; fornece uma massa de fatos, sem nenhuma seleção e tal vez sem relação com o problema que interessa.

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

A alma humana que faz a experiencia da primeira crônica, se encontra e se sente perdida, diante do numero excessivo de fatos não compreendidos e até incompressíveis.

Isso é o essencial da “Crônica de Akasha”; e o essencial desse essencial é a sua magia, vale dizer, o efeito vivificante e despertante que ela produz, quando se torna resumo de resumo.


Technorati : , , , , , ,

Um comentário

Página 1 de 1
  1. Lucena
    Lucena às | | Responder

    Muito obrigado Sra Rocco. Apesar de te-lo escrito a muito este texto me reconfortou, meu medo do desconhecido. Saber interpretar as informações que acesso. Ampliar minha consciência.

Deixe seu comentário