Historia da Bruxa – Parte 6

 photo historia tres bruxas.jpg

O Desejo da Bruxa e as Espectativas dos Outros

 

A bruxa pensou no quanto tinha evoluído nos últimos séculos chegando à seguinte conclusão:

Não tenho que preencher as expectativas dos outros, tenho que preencher as minhas, e isso não se refere somente a grandes expectativas mas expectativas no geral, grandes e pequenas.

Esperam que eu cumpra meu papel como dona da casa, é isso o que quero?

Esperam que eu cumpra meu papel como mãe, é isso o que quero?

Esperam que eu organize e ajeite as coisas para que tenham uma vida mais simples e plena, é isso o que quero?

 photo historia bruxa velha.jpg Ou essas foram minhas expectativas no passado e hoje tenho outras que não posso alcançar por não  encerrar a fase da expectativa dos outros?

Quais são minhas expectativas hoje?

– Viver “a todo trapo e vapor” a espiritualidade e cuidar de mim!

Viver dessa forma significa deixar de lado as expectativas dos outros e ter tempo para mim; significa  aprender a dizer não quando não há uma necessidade ou impossibilidade real do outro fazer as coisas e  não há outra forma que pedir minha ajuda.

Fazer tudo pelo outro o impede de crescer, pois se eu cresci ao ponto de ajudar os outros e ainda assim cuidar de mim e das minhas expectativas, então eles podem no mínimo cuidar de si mesmos e de suas necessidades.

De todas as formas a aventura da bruxa estava incompleta, inconclusa, mas será que tem final?…Somente se a bruxa quiser…

Ela estava agora à procura de seu anel, precisava se livrar do outro, do da mártir para poder resolver a questão das expectativas dos outros e colocar o seu.

Precisava encontrá-lo, como seria? Qual dos que possuía seria o da mártir?  Muitas coisas passavam pela sua cabeça enquanto caminhava, coisas loucas, seriam corretas ou bobagens?

O problema è que esses pensamentos começavam a se entrelaçar no tempo e a fazer sentido; mesmo assim lhe pareciam tão absurdos que não ousava transformá-los em idéias.

Por hora eram somente frases e imagens que surgiam de outros tempos e vinham a juntar-se com outras do presente.

Ao que a bruxa sabia existiam três anéis: o da mártir, o de donzela e o da bruxa.

 photo historia donzela.jpgAgora pensava que a ordem na vida de um Ser-mulher seria primeiro o da donzela, depois o da mártir e depois o da bruxa: também percebia que se relacionavam com as fases da Deusa: a donzela com a donzela, a mártir com a mulher madura e a bruxa com a fase anciã da Deusa ou fase sabia da Deusa.

Carregar o anel da mártir implica em sacrifícios, mas ela tinha lido que sacrifício também significava tornar sagradas todas as coisas, ligando-as ao seu objetivo original.

Parecia um conceito simples, mas para a bruxa, na verdade isto era bem complicado.

Será que ela tinha feito isso e por isso usava o anel da mártir? Quais coisas ela tinha ligado ao seu objetivo original e tornado sagradas?

Era essa a chave para tirar o anel?

O que fazem os/as mártires? Dão tudo de si, e se não tem o que dar, dão seu sangue para outros beber e viver, dão sua própria energia vital até morrer, até a última gota.

A bruxa sabia que os anéis eram simbólicos ainda que pudessem ser físicos, e tirar um deles da mão e substituir por outro não tinha nenhuma validade a não ser que estivesse acompanhado pelo trabalho correto em seu mundo interno; mas não conseguia (ainda) encontrar as respostas que precisava para se livrar deste anel.

Cansada da longa caminhada, decidiu sentar-se debaixo de uma arvore e recuperar forças.

 photo historia mulher madura.jpg Sempre era bom fechar os olhos e pensar para “ver” qual era o pensamento correto ou  simplesmente esperar pelos “insights” que chegavam nestes momentos de muitas visões.

Os pensamentos sucederam-se em uma velocidade que a bruxa mal pode acompanhar as  compreensões que lhe chegavam.

Os Círculos de proteção! Não era a toa que funcionavam tão bem e que a tinham ensinado sobre  eles.

Como sempre, tudo se relacionava! – pensou ela.

O Circulo Sagrado Do Amor Maior se relacionava com o Anel da Mártir; ela achava que era  pelo fato de que este Amor nos ensina que recebemos mil vezes quando damos tudo pelo outro.

E assim, aqueles que estão “feridos” por este Amor dão tudo de si, porque tudo è sagrado para eles, já que em seu intimo compreendem o objetivo original da Criação: alcançar e vibrar na Tonica do Amor Maior para poder evoluir.

O Circulo Sagrado da Paixão se relaciona com o Anel da Donzela, porque ela è pura adrenalina, pura paixão, vive a vida a mil, a todo gás, a todo “trapo e vapor”.

 photo Historia anel.jpgO Circulo Sagrado das Estrelas no Infinito se relaciona com o Anel da Bruxa, com Daath, Binah, o Chakra da Sabedoria.

Percebeu então que havia um quarto Anel do qual nunca tinha ouvido falar: da fusão dos três anéis surgiu o “Anel da Deusa”.

Seu desenho formava a letra da Deusa, pois falava de um Caminho que se originava em um único ponto e abria-se ao Infinito.

 photo historia casa da bruxa2.jpg Este anel è a soma e a síntese dos outros três, a soma da Paixão  pela Vida mais o Amor Incondicional, mais a Sabedoria,  resultando na compaixão, símbolo do Anel da Deusa que  representa o Sagrado Fogo da Criação.

A Mestra da Vida tinha lhe comentado sobre fazer um mapa de toda esta jornada que estava  fazendo desde que começou  seu Rosário da Deusa e sempre esquecia do assunto.

Não precisava ser exato e definitivo (como tudo-pensou) apenas devia “começar e o trabalho  seria terminado”.

Levantou-se e voltou para sua casa e seus afazeres.

 

Imagens: brenda-starr    – 9012854@N05  – 9012854@N05 – lorelei-ranveig –rowdyharv

3 comentários

Página 1 de 1
  1. Rosana
    Rosana às | | Responder

    Quero mais, Dnara. Num para não que ja estou sentindo saudade da Bruxa.Estou amando essa caminhada, me transporta para um outro mundo, o mundo interior, em busca de mim mesma. gratidao.

  2. MaraLull
    MaraLull às | | Responder

    Nem acreditei quando li em minha caixa de entrada uma publicação sua, ameiiiiiiii.
    Estava com muita saudades das suas escritas. sou da época do livre pensadores, te sigo desde 2008 ou 2009 nao me lembro, obrigada um grande beijo

Deixe seu comentário